Containers – Arquitetura sustentável

Em meados dos anos 50 Malcolm McLean, criou o 1º. Container e revolucionou a indústria dos transportes, desde então 90% das mercadorias transportadas pelo mundo são armazenadas em containers, sendo aproximadamente 5.000 navios que circulam a cada ano, abastecidos por esses containers, fora os caminhões espalhados pelas estradas do mundo inteiro.

Após alguns anos de uso eles acabam sendo inutilizados e começaram a gerar verdadeiros cemitérios de containers sem uso. O valor da peça varia entre U$ 1.200 e U$ 6.000, o que torna o produto mais barato do que muitas construções em alvenaria. Suas dimensões são exatas e podem ser empilhados em ate 12 peças, sua base rígida e reta garante estabilidade.

Como os contêineres são feito de aço conduzem muito calor, assim é necessário forrá-los com um isolante térmico, assim seguindo a linha sustentável alguns estão sendo recobertos com produtos que não agridem a natureza como o Isosoft, feito de garrafa PET.

Com todas essas características vários arquitetos criaram casas, escritórios, prédios, condomínios inteiros,  bem definidos, práticos, funcionais e com custo e prazo de obra reduzidos.

Muitos países adotaram esse tipo de arquitetura, o Brasil poderia empregar essa solução para criar postos de saúde, bibliotecas, escolas, moradias. Temos ao lado de portos como o de Santos campos enormes de containers sem utilidade que poderia ter uma funcionalidade sustentável.

O Museu Nomadic contem 152 containers. Construído para abrigar uma exposição de fotografia em Nova York, foi desmontado e remontado em Santa Monica, Califórnia, um ano depois.

O Museu Nomadic contem 152 containers. Construído para abrigar uma exposição de fotografia em Nova York, foi desmontado e remontado em Santa Monica, Califórnia, um ano depois.

Na Inglaterra, região portuária de Docklands, área fortemente industrializada de Londres, que se encontra “Container City” (Cidade do Container).

Na Inglaterra, região portuária de Docklands, área fortemente industrializada de Londres, que se encontra “Container City” (Cidade do Container).

A R4 House – “recicle, recupere, reutilize e raciocine” criada pelo arquiteto Luis de Garrido, foi uma das instalações de destaque no 15º Salão Internacional da Construção (CONSTRUMAT), de Maio de 2007 em Barcelona, Espanha.

A R4 House – “recicle, recupere, reutilize e raciocine” criada pelo arquiteto Luis de Garrido, foi uma das instalações de destaque no 15º Salão Internacional da Construção (CONSTRUMAT), de Maio de 2007 em Barcelona, Espanha.

Detalhes R4 House - Paineis Solares

Detalhes R4 House – Paineis Solares

 

A arquiteta Lívia Ferraro estudou e apresentou um projeto de casa-contêiner na faculdade. Após o término das aulas, ela resolveu investir em uma empresa pela qual já criou dez casas com os módulos. Localizado em Florianópolis.

A arquiteta Lívia Ferraro estudou e apresentou um projeto de casa-contêiner na faculdade. Após o término das aulas, ela resolveu investir em uma empresa pela qual já criou dez casas com os módulos. Localizado em Florianópolis.

Ao lado dos containers novos, uma pilha de conatiners inutilizados começam a se formar ao longo de toda estrada do porto de Santos.

Ao lado dos containers novos, uma pilha de conatiners inutilizados começam a se formar ao longo de toda estrada do porto de Santos.

 

Na Rio+20 a Planeta Container desenvolveu projetos de diversos restaurantes expostos na praça de alimentação.

Na Rio+20 a Planeta Container desenvolveu projetos de diversos restaurantes expostos na praça de alimentação.

cont 4

cont 1

Danilo Corbas

ecohouse Jason Welty

estand feiras

frança

loja pulman

cont 3

 

 

 

Categorias: MATERIAIS, SOLUÇOES, SUSTENTABILIDADE | Tags: , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Navegação de Posts

Uma opinião sobre “Containers – Arquitetura sustentável

  1. Reblogged this on ARQUITETO DA FELICIDADEe comentado:
    Arquitetura de contêineres. Artigo muito interessante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: